quinta-feira, 29 de maio de 2008

Política em Natal/RN


A deputada estadual Márcia Maia defendeu que todos as pessoas ocupantes de cargos comissionados indicados por Rogério Marinho no governo do Estado e na Prefeitura peçam exoneração. Para ela, não há motivo para essas pessoas continuarem nos cargos já que deixaram de ser da confiança da governadora Wilma de Faria.“O deputado Rogério Marinho indicou a secretária de Educação (Ana Cristina Cabral), a Datanorte (João Bastos), a Secretaria da Juventude (Marco Aurélio). Na Prefeitura ele tem a Urbana”, citou Márcia Maia. Ela analisou que conflitos internos são naturais dentro de um partido político, mas o deputado federal Rogério Marinho“passou de todos os limites”. Procurado pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE, Rogério Marinho disse que não pedirá aos cargos comissionados indicados por ele para pedirem demissão. “A eputada tem todo direito de dizer o que bem entender, mas os cargos comissionados ão da governadora e não dela”. Ele disse que todas as pessoas indicadas por ele “não stão com a governadora agora, ajudaram a construir a imagem dela durante 23 anos”. Para Rogério Marinho, a defesa da exoneração dos cargos comissionados demonstra uma falta de cultura partidária. “O fato de chegar a esse extremo (de pedir para serem exonerados os cargos) no Governo que eu ajudei a construir demonstra que falta cultura partidária em muitas pessoas. Apenas estou discordando da governadora. entro do partido pensar diferente não é crime. Tem pessoas que pensam que são donos da gremiação, de partidos políticos”, ressaltou. Ao avaliar a reunião do diretório municipal do PSB, na noite da última terça-feira, a deputada Márcia Maia disse estar convicta que todos os atos de violência foram premeditados. “Tudo foi premeditado. E hoje já recebi recado de pessoas da juventude socialista dizendo que foram usados por Rogério Marinho,f oram massas de manobra, estrelando atos de violência. Eles (pessoas de Rogério Marinho) estavam distribuindo cachaça”, comentou a deputada, citando que Ismênio Bezerra (integrante do diretório municipal ligado a Rogério Marinho) telefonou para ela pedindo desculpas.
Márcia Maia lembrou que desde a manhã de terça-feira pessoas, seguindo ordens de Rogério Marinho, estavam armando barracas e instalando carros de som na frente da sede do PSB. “Eles queriam que a reunião não fosse realizada. Mas ela foi”, comentou
a deputada, confirmando que está de posse da ata da reunião. “Se após a reunião eles estavam dizendo que iriam quebrar toda sede do partido, incendiar, eu não deixaria a ata lá. Ela está comigo sim”, enfatizou Márcia Maia. A deputada disse que oficializará a secretaria do partido (integrada por João Bastos e Marcos Weber) para apresentarem as supostas fichas dos novos filiados.
Fonte: Truna do Norte (On-Line)

Nenhum comentário:

MURAL

MURAL

AR PURO: NATUREZA/SOL = VIDA

AR PURO: NATUREZA/SOL = VIDA

ENTREVISTAS COM JÔ SOARES

Loading...

NATUREZA

NATUREZA